Antenna
Por onde anda o Front 242?

nos anos 80

No clipe de Headhunter

A lendária e politizada banda belga é o principal representante do EBM (Eletronic Body Music) termo criado por Ralf Hutter, vocalista do Kraftwerk em 1977, para descrever seu álbum Trans-Europe Express, anos mais tarde, mais precisamente em 82, as bandas eletrônicas belgas passaram a ser referenciadas com esse estilo, a partir de sua forte influência Kraftwerkiana, tão experimentais quanto seus criadores acompanhados por timbres eletrônicos pesados, letras agressivas, vocais gritados, batidas distorcidas e instrumentos nada convencionais, como serra elétricas e furadeiras, nesse lado demonstrando influencia também do Cabaret Voltaire.

O Front surgiu há mais de vinte anos, quando a música eletrônica ainda engatinhava, dava para contar nos dedos as bandas eletrônicas da época, Kraftwerk, OMD, Cabaret Voltaire, Human League e Ultravox, Chris & Cosey e Soft Cell. Contemporâneos dos pais do EBM - A Split Second, primeira banda EBM da história, o Front influenciou vários grupos como The Neon Judgement, Nitzer Ebb, Poesie Noire, Nine Inch Nails, Bigod 20, Microchip League (essa também muito influenciada pelo Human League) e Vomito Negro, entre outros.


A banda apresentou diferentes formações no início da década, sendo inicialmente encabeçada pela dupla de guitarristas e programadores Daniel Bressanuti e Dirk Bergen, quando lançaram o single "Principles", em 81. Em 1982, Patrick Codenys entra como tecladista e Jean Luc De Meyer nos vocais. Em 83, Dirk Bergen deixa a banda e Richard 23 entra como vocalista. É com essa formação que lançam, em 1988, "Front by Front", seu álbum mais bem vendido e, depois, "Headhunter", o mais famoso. A música Headhunter configura-se num verdadeiro hino terrorista internacional. Essa época lhes rende sua maior legião de fãs, até hoje.

Após rumores de uma possível separação em 1993, lançam "065:21:03:11 Up Evil", um trance techno experimental, "05:22:09:12 Off" e um álbum de remixes "Animals vs. Angels". Após uma turnê mundial nessa época, permanecem um tempo sumidos, ressurgindo depois com "Mutage Mixage" em 1995 e "Re:Boot" em 97, sendo estes últimos álbuns nem mais EBM ou Techno Trance, mas sim, DANCE mesmo, num estilo bem "poperô", para decepção de muitos fãs.
Em 1997 entraram para o Top das "500 Melhores Produções da História do Rock", pela Billboard.

Após alguns anos entraram em turnê mundial, vindo ao Brasil em 2003, com shows no Rio de Janeiro e São Paulo. Durante a passagem por aqui, os músicos da banda ficaram sabendo que vários funkeiros haviam sampleado a introdução de "Headhunter" sem permissão, o que resultou num processo em cima do grupo "Bonde do Tigrão".

Nos últimos anos não realizaram nenhum trabalho novo e, recentemente, os membros da banda estão desenvolvendo projetos de trabalho solo, que aliás sempre vieram desenvolvendo ao longo dos anos de trabalho com o Front 242.

Em 2007

Alguns trabalhos paralelos dos membros da Banda:

Daniel Bressanuti (No Front é produtor, faz as mixagens e produção ao vivo)

Male or Female - Projeto de Daniel B., é intitulado "projeto de mídia interdisciplinado". O Male or Female explora ferramentas digitais na musica, gráficos, vídeos e performances, montando composições audiovisuais. Também produziu e mixou o álbum da banda Sabotage.

Patrick Codenys (No Front, trabalha na produção, teclados e sintetizadores)

Trabalhou com o DJ e produtor nova-iorquino Steve Stoll em um projeto para clubs que se chama Gaiden. A faixa de trabalho, lançada em vinil, se chama Point Black, sucesso nas pistas e mixagens de, entre outros, o brasileiro Anderson Noise.
Ao lado de Daniel B,também trabalhou na produção e mixagem do álbum da banda Sabotage e do projeto Grisha, inspirado em trilhas sonoras.

J.L. De Meyer (Vocalista e compositor do Front)

Cyber-Tec - projeto que segue a mesma linha do Front242 e teve um álbum lançado.
Birmingham 6 - Auxilia nas produções e mixagens desta banda dinamarquesa. Uma ótima escolha para os fãs do Front. O álbum no qual Jean Luck entra nos vocais é chamado Error Of Judgement.

Richard 23 (Percussão e backing vocals do Front)

Holy Gang - Projeto de Richard23 com Jean-Pierre, antigo engenheiro de som e programador do Front242, e Marc D. da banda La Muerte. Surgiu em 1994 e lançou um mini-cd chamado Free Tyson Free.
Revolting Cocks - participou desse projeto que, entre outros, já teve passagens de Al Jorgensen do Ministry.

Tributo brasileiro

Em 1997 saiu um tributo ao Front242 com artistas brasileiros remixando a banda. Confira abaixo o set list:

A View From Brazil - 1997

1-AGHAST VIEW : Take One
2-TECHNICIANS INTERFACE-ZSNOIDAL : W.Y.H.I.W.Y.G.
3-FRONT RUNNER : Agony - Until Death
4-MODEM : Controversy Between
5-TECHNICIANS INTERFACE-ZSNOIDAL : Headhunter
6-DEADJUMP : Agressiva
7-KREMASTER : Never Stop (Night Version)
8-TECHNICIANS INTERFACE-ZSNOIDAL : Until Death - Do Us Part
9-DIVIDED BY ZERO : Don't Crash
10-FRACTAL FEELINGS : No Shuffle (V.2)

Heloísa Lombello

voltar

Favoritos Página Inicial - Recomendar - Cadastre-se para receber a newsletter e participar de sorteios
© Este site 1997-2009 by Projeto Autobahn
Desde 1993, o ponto de encontro dos fãs dos anos 80