Antenna
Por onde andam Os Garotos do Filme
História sem Fim

Noah Hathaway e Barret Oliver

Barret Oliver nos anos 90

Quem não se recorda dessa extraordinária e envolvente fantasia, com características extremamente criativas? O livro “A História Sem Fim” foi escrito pelo alemão Michael Ende e publicado pela primeira vez em 1979.

O sucesso do livro rendeu uma adaptação para o cinema em 1984, dirigida por Wolfgang Petersen. O filme nos leva a um fantástico mundo de imaginação.

Barret Oliver, como Bastian, e Noah Hathaway, com seu personagem Atreyu, encantaram o público e conquistaram fãs fiéis que cultuam o filme até os dias atuais. E por onde andam esses atores que, quando crianças, nos deixaram extasiados com seu talento e carisma?

Nascido na Califórnia em 24 de agosto de 1973, Barret Oliver tinha apenas 10 anos quando participou de “A História Sem Fim”. O sucesso de seu personagem acabou alavancando sua carreira e surgiram oportunidades para atuar em papéis importantes nos filmes “COCOON” e “D.A.R.Y.L.”.

Barret pôde ser visto pela última vez em 1989, no filme “Cenas da Luta de Classes em Beverly Hills”, como o personagem Willie Saravian.

Noah Hathaway atualmente

Tendo desaparecido da mídia após este trabalho, muito especulou-se sobre a vida do ator. Foram publicadas várias notícias duvidosas e associou-se seu afastamento das câmeras com seu envolvimento com a Cientologia, espécie de seita religiosa bastante polêmica da qual também fazem parte celebridades como Tom Cruise, John Travolta e Richard Gere.

De acordo com o site IMDB (Internet Movies Database), Barret atua como fotógrafo em Los Angeles e desenvolveu trabalhos de fotografia cinematográfica para o filme “Cold Mountain”, de 2003. Publicou em 2007 um livro sobre fotografia que aborda uma técnica utilizada no século XIX, hoje em dia dedica-se apenas á fotografia, depois que o cinema lhe fechou as cortinas

Noah Hathaway, o Atreyu
Noah, nasceu em 71, representou o Atreyu com 12 anos em História Sem Fim. Depois do imenso sucesso do filme, imaginava-se que seria chamado para diversos outros filmes, mas diríamos que o cinema fechou as portas para Noah, nem mesmo na TV, caminho seguido por muitos que tiveram seu espaço limitado no cinema. Mais tarde se apaixonou pelo Break, e virou dançarino de Street Dance, mesmo assim, a carreira de dançarino também foi abandonada depois de um acidente em uma apresentação em que machucou as costas e não podia mais fazer passos com as costas no solo, movimento de mais destaque no Break. Acabou fazendo artes marciais mas nunca conseguindo nenhum papel de dançarino ou em filmes que precisassem mesmo de figurantes em lutas no cinema. Mais tarde tentou a sorte como corredor de motociclismo, mais uma vez não conseguiu emplacar.

Acabou montando um estúdio de tatuagem com sua esposa, com quem teve um filho, mas o estúdio não foi pra frente, continuou estudando vários tipos de artes marciais e em 2003 abriu uma loja de motocicletas.

Hoje em dia Noah trabalha na loja vendendo motos, e está mais conformado com o insucesso: "Estou feliz em ser um grande marido e pai. Você pode ter todo dinheiro e fama, mas a menos que você saiba e se satisfaça com quem você é, isso não significa nada".

Malú Ignácio
14/06/2010

voltar

Favoritos Página Inicial - Recomendar - Cadastre-se para receber a newsletter e participar de sorteios
© Este site 1997-2009 by Projeto Autobahn
Desde 1993, o ponto de encontro dos fãs dos anos 80