Antenna
Por onde anda o Rutger Hauer?

Nos anos 80 em Blade Runner

Nos anos 80 em Feitiço de Áquila

Rutger Oelsen Hauer nasceu em 23 de janeiro de 1944, na cidade de Breukelen, na Holanda, filho de dois atores. Começou a carreira de ator logo pequeno, em 1955 na peça de tragédia grega Ajax, de Sófocles.

O ator que tem fama internacional por fazer todo tipo de papel - desde o galã dos filmes românticos aos vilões sinistros – Rutger continuou a carreira de ator na adolescência, mesmo após fugir de casa aos 15 anos e viajar num cargueiro da marinha mercante holandesa por um ano conhecendo assim outros países e aperfeiçoando o conhecimento em outros idiomas, e depois se alistar ao exército, entrou numa trupe experimental de atores.

Sua estréia no cinema foi em1969 no filme “Monsieur Hawarden", em que as cenas que participou não foram inclusas após a edição. No mesmo ano, participou também da série de TV “Floris”. Mas, seu primeiro grande sucesso no cinema foi o filme “Louca Paixão”, de 1973, o que lhe deu fama internacional, já que foi indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, em 1974.

Mas o filme que fez estrear em Hollywood foi “Conspiração Wilby”, de 1975, que mesmo com um papel secundário, alavancou a carreira do ator. Porém, Hauer só foi ganhar grande notoriedade e fama na década de 80. Logo um dos primeiros filmes dele na década foi um dos mais marcantes da sua carreira: “Blade Runner - O Caçador de Andróides”, em 1982.

 

Em 2009

Ele faz o papel do replicante Roy Batty, o tornando conhecido como astro de filmes de aventura e ação de Hollywood (para alguns é a melhor interpretação do astro até hoje), já que participou do longa-metragem que é considerado o melhor no gênero de ficção científica.

Na sequência, Hauer fez filmes de sucesso de bilheteria como “O Feitiço de Áquila” e “Conquista Sangrenta”, os dois de 1985 e com temáticas medievais, o clássico filme de suspense “A Morte pede Carona”, de 1986, e o filme de ação policial “Exterminador Implacável”, em 1987, o seu último filme de sucesso na época.

Atualmente

Na década de 90 Hauer fez papéis secundários, principalmente no cinema Europeu, como nas produções “Resgate Implacável”, de 1992, e “As Profecias de Nostradamus”, de 1994. Talvez sua participação mais marcante na década tenha siso no filme “Fuga no Ártico”, de 1993, em que também foi produtor.

Hauer só reapareceu em grandes papéis e produções no cinema nos anos 2000, primeiramente no filme “Confissões de uma Mente Perigosa”, em 2003; a adaptação dos quadrinhos para o cinema “Sin City”, 2005, e em Batman Begins, (2005), em que interpreta o executivo corrupto das empresas Wayne Richard Earle.

Atualmente, Hauer se dedica a sua fundação Rutger Hauer Film Factory, criada em 2006, com o objetivo de reunir jovens talentos no mundo do cinema realizando oficinas com grandes nomes da sétima arte em que passam seus conhecimentos aos novos talentos. Em 2007, começou a dirigir seu primeiro filme, intitulado "Changing Fortunes”, que conta a história do banqueiro holandês Walraven Van Hall. Além disso, idealizou e lançou o festival internacional de curtas “I've Seen Films”, em 2008, que teve a sua segunda edição em 2009 na cidade de Milão.

 

 

 

Paulo Novaes
10/11/2009

voltar

Favoritos Página Inicial - Recomendar - Cadastre-se para receber a newsletter e participar de sorteios
© Este site 1997-2009 by Projeto Autobahn
Desde 1993, o ponto de encontro dos fãs dos anos 80