HALL OF MIRRORS

Os Melhores Video-Clipes dos anos 80

A-Ha - Manhattan Skyline

Mais um excelente videoclipe dirigido pelo reconhecido diretor e produtor Steve Barron, que também dirigiu: Bryan Adams - "Cuts Like a Knife", "Heaven", "Summer of '69", The Human League - "Don't You Want Me", Michael Jackson - "Billie Jean", Dire Straits - "Money for Nothing", A-HA - "Take on Me" - premiadíssimo, principalmente considerando os inovadores efeitos especiais de animação - The Culture Club - "It's A Miracle", além do longa de 1984, Amores Eletrônicos.


Quem conhece e aprecia o trabalho da banda A-HÁ, que percorreu um árduo caminho da Escandinávia, onde o acesso à cultura musical pop era praticamente nulo, até alcançar a merecida fama e o reconhecimento mundial pelo talento incontestável, sabe que não produzem vídeos apenas para promover uma canção. A excelência e originalidade dos vídeos do A-HÁ se baseiam na possibilidade de criar e trabalhar idéias. Em “Manhattan Skyline”, este aspecto é evidentemente notado.

As primeiras imagens do vídeo mostram os integrantes do A-HA sendo o tema central e inspirador para jogos no estilo passatempo que encontramos em jornais, como palavras cruzadas, ligue os pontos (muito popular nos anos 80, pela enorme curiosidade de ver a imagem que se forma). No decorrer do vídeo, a banda aparece em manchetes de vários jornais de outros idiomas, o que pode significar a partida do A-HÁ do anonimato em busca de fama e glória.

Em determinado momento, os integrantes da banda parecem tranqüilos ao estarem incluídos nas palavras cruzadas, porém, por alguma razão bizarra, eles repentinamente surgem dentro de um túnel com ventos super fortes que parecem capazes de derrubá-los.

   
   

Tentando caminhar pelo túnel, eles se deparam com vários papéis voando em sua direção, o que os obriga a encostarem-se à parede, afinal a busca pela almejada fama também traz obstáculos e pode gerar angústia, sofrimento e medo do fracasso, considerando ainda uma banda norueguesa em início de carreira, com o intuito de conquistar o sucesso internacional.

A cena no túnel é muito significativa, porque também pode ser interpretada como aprisionamento, já que a fama exclui o artista de uma vida anônima, porém ao término do vídeo, a banda aparece com expressões serenas em seus rostos.

   

Indiscutivelmente, um clássico do anos 80 para ser apreciado por muitas e muitas gerações.

  

Malú Ignácio

Edições Anteriores


voltar