Lembranšas
Balas dos anos 80 - Parte I


Vamos falar um pouco sobre algumas das balas e drops mais consumidas pela criançada nos anos 80.

Começando pela minha preferida Bala Kleps que era a famosa bala de tiras ou de fita como era mais conhecida, ela vinha com carinhas de animais estampadas na embalagem de cada uma das balas e cada animal representava um sabor diferente, lembro que eu gostava muito destas balas justamente porque tinha um sabor meio azedinho.


O terror das mães e a alegria das crianças tinha um nome: Bala Soft, ela era o terror das mães porque muitas crianças da época se engasgaram com esta bala inclusive eu mesma, lembro muito bem de minha mãe me virando de cabeça pra baixo pra bala cair e por sorte caiu senão não estaria hoje aqui escrevendo sobre ela (risos), à medida que a gente ia chupando a bala ela ia ficando cada vez mais lisa e acabava por escorregar muito fácil pela garganta, e como ela era como um tampão bem arredondado e sem nenhum furo isso tornava fácil à asfixia das crianças. Na época surgiram muitas lendas urbanas sobre esta bala, mas nada realmente confirmado.

A Sugus também era muito famosa na década de 80, em 1983 foi feito um comercial para tv em formato de desenho animado muito fofinho por sinal, ela vinha em uma embalagem retangular onde cada bala era embalada com um papel colorido, crianças e adultos adoravam esta bala por ela ser mastigável, infelizmente a fabricação dela no Brasil parou, mas em outros países da América latina ainda podemos acha-la como na Argentina por exemplo..

O drops Mentex caiu mais no gosto dos jovens e adultos da época, talvez por ser de menta e ter aquele sabor “ardidinho” no final as crianças não a consumiam muito, lembro bem desta bala elas eram quadradinhas com uma primeira camada mais doce e branca, e a medida que ela ia derretendo se revelava um caramelo amarelo no meio e este sim era bem refrescante com puro sabor de menta. Outra coisa que me vem logo à cabeça quando lembro desta bala é que por causa dela ser meio retangular e lembrar um dente, muitas crianças inclusive eu que tinham “dentões” ganharam o apelido de “dente de mentex” (risos).

Essa que vou citar agora muita gente conhece pois, é vendida ate os dias atuais, a Bala de Morango aquela que vem com uma embalagem que lembra um morango de verdade, à medida que vamos chupando ela se transforma em uma verdadeira lamina porque corta toda a língua da gente (risos)

Balas Pez – Os dispensers de balas Pez faziam muito sucesso, eram porta-balas colecionáveis com cabeças de personagens de desenhos infantis, só pra ter uma ideia do tamanho do sucesso que estes portas- balas faziam, até os dias atuais já foram lançados mais de 550 designes diferentes, entre eles os clássicos da Disney, Tom e Jerry, entre outros que hoje são considerados itens de colecionador, alguns ainda podem ser vistos nos expositores que ficam no terceiro andar da festa Autobahn. Os primeiros personagens famosos a terem suas cabeças nesta porta-balas foram o Mickey e o Papai Noel.

Gotas de Eucalipto Alabarda – aquela com um pinheirinho desenhado numa embalagem toda verde, apesar de serem de eucalipto essas não eram tão ardidas, talvez por ter uma camada de açúcar em cima dela, além de ser uma delicia, na sua embalagem vinha sempre uma figurinha autocolante com uma trova (poesias formadas por uma única estrofe), a meninada muitas vezes não entendia aquilo, mas mesmo assim os colecionava.

Balas Chita – fabricada no interior de São Paulo em 1985 a Bala Chita era uma delicia, eram balas mastigáveis sabor abacaxi que faziam a cabeça dos jovens da época, esta bala era tão boa que fui um verdadeiro sucesso as vendas fora do país, a fabrica paulista exportava tanto pra fora que não sobrou para o mercado brasileiro e passou a não ser mais encontrada por aqui.

Muitas balas deliciosas fizeram nossa alegria nos anos 80 80 e pra falar de todas de uma só vez ficaria um texto enorme, então hoje paramos por aqui e mais pra frente continuo falando um pouco sobre cada uma delas.

Nanda Ramona