Lembranšas
Programas de Clipes dos anos 80... muito antes da MTV


No início dos anos 80, os programas de videoclipes eram uma das poucas janelas para o cenário mundial da musica, eram eles que nos mostravam as novidades sobre as nossas bandas preferidas e nos apresentavam novas bandas. Foi no início dos 80 que os artistas começaram a dar mais importância aos videoclipes como forma de divulgação e promoção dos seus trabalhos, e foi exatamente aí que começaram a investir pesado estrelando vídeos bem produzidos e elaborados, portanto, vamos agora relembrar de alguns programas de videoclipes que fizeram parte da nossa infância e adolescência.


SOM POP

O programa Som Pop, exibido pela TV Cultura, foi um dos precursores nesse segmento e foi responsável por nos trazer as novidades que rolavam no mundo da música. Som Pop ia ao ar aos sábados à tarde e era nosso ponto de referência pra saber o que iria tocar nas domingueiras. Sempre muito eclético, o programa apresentava vídeos de bandas do Heavy Metal ao Technopop, nacionais e internacionais. Som Pop teve vários apresentadores, mas quem mais marcou o programa foi nosso querido Kid Vinil, um dos maiores conhecedores do cenário rock no Brasil, além de ser o líder e vocalista da banda Magazine. Foi o primeiro a tocar Acid House no Brasil, que depois estouraria de sucesso, passando videoclipes de Bomb the Bass, S-Express, sem contar o inesquecível especial Technopop que abriu com Kraftwerk, tendo como trilha de fundo New Order, além de vários videoclipes de Front 242, Gary Numan, Human League, Ultravox, Soft Cell, New Order, Pet Shop Boys, A-ha, o melhor programa de toda a história do Som Pop (Menção honrosa ao especial New Romantic apresentado na semana subsequente com Duran Duran, Classix Nouveaux, Spandau Ballet, Adam and the Ants e o especial Dark na sequência, com Cure, Siouxsie e Bauhaus).

A irreverência de Kid Vinil tornou o programa mais versátil e inteligente, pois não só os vídeos faziam sucesso mas também as apresentações inéditas de bandas e artistas nacionais e internacionais que eram gravadas no teatro da emissora. As entrevistas exclusivas também eram super divertidas e informativas. Kid comandou o Som Pop até seu fim em 93. O programa acabou deixando saudades, mas ainda assim saiu do ar para entrar para história da TV.

Realce e Clip Trip

Em 1985 seguindo a onda de programas de videoclipes de outras emissoras, a TV Gazeta lança o programa Realce, apresentado pelo DJ argentino Mister Sam. Além da exibição de clipes, Mister Sam entrevistava grandes nomes do rock nacional assim como artistas e bandas novas, revelando grandes talentos da música. Em 1986, Mister Sam deixa o programa e é substituído pelo locutor da radio Jovem Pan Beto Rivera.
Realce era apresentado diariamente no final da tarde e reapresentado nas manhãs seguintes.

Depois da entrada de Beto Rivera, o programa ficou bem mais descontraído, pois além da facilidade em se comunicar com as massas, Beto trazia muito conhecimento musical. Mas o melhor do programa era o boneco Capivara!! Aliás, ele foi responsável por momentos memoráveis do programa como as entrevistas divertidissimas com Toy Dolls e Ramones.

Em 1989 o programa mudou de nome para Clip Trip e sua abertura se tornou antológica ao som de Bomb the Bass com "Beat Dis", sendo uma das aberturas de programas de clip mais lembradas até hoje.

Clip Clip

Foi ao ar de 84 a 87 e era exibido nas manhãs de sábado e posteriormente aos domingos . Clip Clip trazia uma nova proposta visual e era apresentado pelos bonecos Muquirana Jones e Edgar Ganta que interagiam com os clipes através de efeitos especiais O programa trazia em primeira mão os lançamentos mundiais da música além de várias entrevistas divertidas com as bandas de sucesso. A música de abertura também marcou demais. Inbetween Days do The Cure, clipe que passava sempre no programa.

Super Special

Apresentado pelo famoso locutor Serginho Caffé, o Super Special era exibido pela TV Bandeirantes no final dos anos 80 e além de apresentar os vídeos de sucesso, o programa também trazia quadros muito engraçados como o "Clip Pirado" que fazia sátira aos clipes famosos da época. O programa dava espaço especial aos fãs clubes e em cada programa um era homenageado com o vídeo do seu artista preferido. O Super Special também se destacou pelas entrevistas com vários famosos e pelo sorteio de brindes entre os telespectadores.

FMTV

Foi ao ar em 1984 pela extinta Rede Manchete e era exibido diariamente. O programa era apresentado por Patrícia Pilar e João Kleber onde faziam as chamadas dos clipes e comentavam o que estava em voga no mundo musical. Mais tarde o programa mudou para Shock, passando shows completos, entre eles o show do Information Society no ginásio do Ibirapuera foi recorde de audiência do programa, inclusive sendo usado pelo DJ Marcos Vicente para produzir o clipe exclusivo de Running do Information Society que sempre passa na festa Autobahn e pode ser visto também no canal da festa no Youtube.

Para ver todos esses clipes e trechos desses programas históricos acesse o canal do Autobahn no Youtube - O primeiro Canal ANOS 80 do Brasil
.

Ivana Fevereiro