Lembranšas
Diretas Já

Um movimento importante que ajudou na perda de dependência da administração militar foram as Diretas Já. Entre os períodos de 1983-1984 muitos movimentos políticos, sindicais e toda a classe trabalhadora estiveram engajadas em um objetivo, devolver ao povo o direito a votação e conseqüentemente a oportunidade de um representante da sociedade poder ocupar o cargo mais alto do executivo brasileiro, ou seja, a presidência da República.

O histórico de 18 anos até então da administração ditatorial por parte dos militares, ressaltando que por 21 anos o país foi "refém" desse sistema, onde as principais nações sul americanas como Argentina, Chile e o próprio Brasil com o receio do governo americano de perder território em seu próprio "quintal" para os soviéticos resolveu derrubar os governos locais que flertavam com o socialismo do leste europeu, ocorrendo um golpe de estado, o mesmo fato não ocorreu com Cuba que continua sendo um desafio aos Ianques lidar com a ilha rebelde.

Qual o legado e perspectivas que podemos interpretar referente a isso? Hoje mesmo que maquiados temos uma liberdade, já que entre 1964-1985 o sangue, tortura, perseguições e assassinatos eram as filosofias do poder em relação ao proletariado.

Após o assassinato do jornalista, professor e dramaturgo iugoslavo, porém naturalizado brasileiro Wladimir Herzog em 1975 pelo governo de Ernesto Geisel a sociedade perplexa pelas crueldades e violência do regime político operante começou a unir-se, resultando no enfraquecimento de tal sistema. Vlado, como era conhecido pode ser interpretado como o Mártir da ruína militar e aceleração do processo que anos posteriores derrubaria os militares do poder. Além de diretor de jornalismo da RTC (Rádio e Televisão Cultura) ele também lecionava no ECA - USP (Escola de Comunicação e Artes - Universidade de São Paulo) e era militante do PCB (Partido Comunista Brasileiro).

O próximo presidente e último membro das forças armadas a assumir o poder em solo tupiniquim foi o General João Batista Figueiredo. Seus antecessores tiveram a violência e a repressão ao extremo como marcas registradas, porém esse último já com o esgotamento de modelo serviu como uma espécie de transição para uma transição política. Foi em seu mandato (1979-1985) que ocorreram as manifestações pelas Diretas Já.

Os movimentos sindicais da década de 1970 do ABC paulista e todo o seu proletariado inflamavam o sentimento nacionalista, o mais ilustre de seus membros Luis Inácio Lula da Silva unia-se a diversos intelectuais e líderes políticos em prol de uma nova realidade a nação.

Várias cidades em todo o país foram às ruas em diversos comícios e passeatas exigindo a votação direta para a presidência da república. O movimento agregou diversos setores da sociedade brasileira. Participaram inúmeros partidos políticos de oposição ao regime ditatorial, além de lideranças sindicais, civis, artísticas, estudantes e jornalísticas.

Dentre os políticos, destacaram-se Tancredo Neves, Leonel Brizola, Miguel Arraes, José Richa, Ulysses Guimarães, André Franco Montoro, Dante de Oliveira, Mário Covas, Gérson Camata, Orestes Quércia, Carlos Bandeirense Mirandópolis, Luiz Inácio Lula da Silva, Eduardo Suplicy, Roberto Freire, Luís Carlos Prestes, Fernando Henrique Cardoso, Vander Ramos, Marcos Freire, Fernando Lyra, Jarbas Vasconcelos e dentre personalidades em geral destacaram-se o jogador Sócrates, a atriz Christiane Torloni, o ator Gianfrancesco Guarnieri, Fafá de Belém, Chico Buarque, Martinho da Vila, Osmar Santos, Juca Kfouri entre outros.

A Emenda Dante de Oliveira proporcionou que houvesse a possibilidade de no voto indireto a eleição de um civil. Paulo Maluf do PDS (Partido dos militares) e Tancredo Neves do PMDB (Partido de oposição), mesmo ela não conseguindo ser aprovada devido o número de parlamentares não ser suficientes para o êxito do projeto. As conseqüências dessa mobilização político-social foi a intensificação da repressão contra as manifestações populares.

O presidente Figueiredo aumentou a censura sobre a imprensa e ordenou prisões. Houve violência policial. Apesar da rejeição da Emenda Dante de Oliveira na Câmara dos Deputados, o movimento pelas "Diretas Já" teve grande importância na redemocratização do Brasil. Suas lideranças passaram a formar a nova elite política brasileira. O processo de redemocratização termina com a volta do poder civil em 1985, com a aprovação de uma nova Constituição Federal em 1988 e com a realização das eleições diretas para Presidente da República em 1989. Instaurando no país uma democracia burguesa.

A imprensa alternativa teve um grande destaque na cobertura na mobilização, já que a Rede Globo desde a década de 1960 era financiada por empresas estrangeiras e obteve facilidades na aprovação na autorga de sua concessão e expansão em todo território nacional de seu sinal, de suas afiliadas, investimentos financeiros federais e acima de tudo um posicionamento sempre favorável aos militares, ausentando-se do papel social que as comunicações devem desempenhar em prol da sociedade. Seu "padrão global" foi importado da conservadora mídia americana da época, assim como seu logotipo que tem alusões a influente empresa nova iorquina CBS.

Suas manipulações e ocultações de informações foram heranças do pacto entre a família Marinho e os militares. Nas manifestações das Diretas Já quanto no mandato dos demais presidentes ditadores seu posicionamento sempre foi vergonhoso e medíocre, tratando com descaso tal clemência. A empresa sempre tratou como filosofia o ato da "massa de manobra" que em anos posteriores foi intensificada e que nas Diretas não teve o efeito esperado por seus executivos.

A conclusão que podemos tomar é que para conseguirmos chegar a um objetivo é necessário muito engajamento, luta, fidelidade a ideologias e princípios e obviamente haver a mobilização popular para alcançarmos o mesmo. Esse processo enriqueceu não apenas o movimento político mas toda sociedade brasileira, claro no decorrer dos anos o "estrangulamento de modelo" culminou na atual inércia, ambigüidades típicas de grupos sem identidades e a renúncia de princípios e ideais dos que lutaram nas Diretas Já por um país melhor.

Houve boatos após a eleição indireta de que a morte de Tancredo Neves teve participação de Paulo Maluf. Com seu falecimento José Sarney assumiu o poder e em 1988 uma nova constituição era redigida, hoje interpretamos a carta-magna como um "serviçal aos que estão no poder" mas naquele período o sonho era realizado. Que as próximas gerações saibam militar ao invés de apenas gritar e postar fotografias de passeatas em alusão ao medíocre status que corrompe a essência de muitas coisas que o universo nos proporciona.

Aldiéres Silva