Lembranšas
Os melhores momentos dos Trapalhões - Parte I

As novas gerações certamente desconhecem o fenômeno que foram “Os Trapalhões” na televisão brasileira, este fenômeno surgiu em 1977 e era exibido sempre aos domingos antes do Fantástico, o programa entrou para o Livro Guinness de Recordes Mundiais como o programa humorístico de maior duração da tv brasileira.

Didi, Dedé, Mussum e Zacarias eram palhaços autênticos, se o programa durasse ate os dias atuais com certeza eles seriam taxados de “politicamente incorretos”, pois faziam piadas sobre homossexuais, negros, nordestinos e etc... sem o mínimo pudor e todos riam com estas piadas sem considerar como ofensa.

Então pra relembrar dessa trupe de palhaços maravilhosos vamos citar algumas de suas melhores piadas e em breve comentaremos outras aqui no Autobahn.




Mussum Bebe Leite - nem preciso dizer que Mussum era um dos mais queridos dentre os quatro trapalhões, neste esquete ele entra no bar pedindo diversos tipos de leite que ele mesmo sabe que não existem como “leite de capivara de Barra do Piraí”, “leite de mula manca sem cabeça” e “leite de perereca” diante de todas as negativas do dono do bar ele tira o chapéu em oração e fala pra Deus que ele é testemunha de que ele tentou beber leite, mas já que não tem ele se vira e pede pra “botar uma cachaça”.

 

Papai Eu Quero Me Casar – Nesta paródia Zacarias faz o papel da filha Gení que quer
se casar e seu pai Didi sempre coloca empecilhos nos pretendentes que a filha quer. Observem a seguir um trecho desta paródia.

Zacarias: Papai eu quero me casar
Didi: Oi, minha fia, ocê diga com quem
Zacarias: Eu quero me casar com o padeiro
Didi: Com o pandeiro ocênum casa bem
Zacarias: Por que, papai?
Didi: O padeiro mete muito a mão na massa
Zacarias: É?
Didi: E adepoisvai amassar ocêtumém
Zacarias: Ah, quero não.




Teresinha De Jesus
– Os trapalhões fazem uma hilária interpretação da musica de Chico Buarque na voz de Maria Bethânia, nesta paródia Didi faz o papel da moça que esta esperando no quarto os seus pretendentes que um a um chegam levando presentes, mas o que realmente ganha o coração da donzela é aquele que chega, não leva nada, não fala nada e somente joga ela na cama.




Mussum Frango De Macumba – Neste quadro Mussum fazpiada de propagandas comerciais, Mussum vestido de mulher começa dizendo que sua “epidermis” tinha “espinhis”, “manchis”, “sardis” e que antes apele dele era “escuris” e “gordurosis” e os homens o chamavam de “criolis”, mas agora não! Depois de usar o creme “Pichelina” tudo isso mudou, mas quando ele ia terminar de falar que agora os homens o chamam de outra forma, entra do nada uma voz e grita “FRANGO DE MACUMBA” aí ele fica bravo arranca a peruca e diz que “Frango de Macumba” é a mãe de quem gritou.




Didi Imitando Ney Matogrosso – Eram impagáveis as imitações que o Didi fazia do Ney Matogrosso e foram muitos episódios em que ele fazia a imitação e o próprio Ney participava de todas elas,ele gostava tanto das imitações que em uma entrevista perguntaram o que ele achava destas imitações e a resposta dele foi a seguinte: “Eles eram totalmente politicamente incorretos, tem gente que dizia que eles debochavam de mim, mas que nada. Eu me divertia”.
Estes podem não ser os melhores momentos dos trapalhões na opinião de todos que estão lendo este texto, mas, vocês terão que concordar comigo que é quase impossível todos chegarmos a um consenso sobre quais são os cinco melhores momentos dentro de uma carreira magnifica de mais de 40 anos de nossos eternos trapalhões.

 

Nanda Pandinha