Lembranšas
Toca Fitas de carros dos anos 80

Hoje iremos falar de acessórios para os saudosos Opala, Monza, Voyage, Gol, Parati, Saveiro, Passat, Escort e muitos outros carros que fizeram história. Os famosos toca-fitas.

A época já era infinitamente melhor que hoje independente do avanço tecnológico, afinal era bem mais agradável ouvir com som alto ou baixo: Human League, Depeche Mode, OMD, DEVO, Oingo Boingo, ao invés de boa parte (infelizmente) de carros que ouvimos passar nas ruas com o amaldiçoado funk do Rio.

São várias as marcas, citarei algumas mais conhecidas na maioria dos veículos nos anos 80.

MOTORADIO – Apesar de simples, um dos aparelhos que mais teve saída foi o desta marca. Isso foi devido ao seu custo/benefício e pelo fato de algumas montadoras já virem com ele de fábrica. Seja só o rádio AM/FM ou toca-fitas, era bem simples na maioria de seus modelos,

ROADSTAR – Esta marca teve muito destaque por se tratar de algo mais inovador na primeira metade dos anos 80. Seu design já era diferenciado e mais iluminado no painel. Você se lembra da função auto-reverse nos toca-fitas? Segundo informações, foi o pessoal da ROADSTAR que inventou esta função. Bem mais para frente, eles lideraram as vendas com amplificadores que também são chamados por muitos de módulo de potência.


AC DELCO
– Foi uma marca que teve maior destaque nos anos 90, tinham modelos muitos bonitos. Eu mesmo tive um modelo que era do Kadett GSI já no começo dos anos 90 (mas só o toca-fitas, não o carro rsrsrs). Os modelos variavam também com os modelos dos carros, exemplo: Monza Classic lançado no final dos anos 80.

Em parceria com a GM, tiveram modelos muito bonitos que nos faziam “viajar” com aqueles painéis bem Hi-Tech para a época. Uma marca muito famosa que se iniciou em 1899, aqui no Brasil é mais conhecida pelas baterias de carro.

KENWOOD – Está aí uma marca de toca-fitas que na época falávamos que era de “playboy”. Sempre foi mais cara que a maioria das outras marcas e era muito difícil de se ver (pelo menos no meu bairro). Esta é uma marca muito conceituada até hoje e atualmente eles fizeram uma fusão com a marca JVC.

A marca KENWOD também se destaca em aparelhos de som marítimos e na parte de rádios comunicadores.

PIONEER – Outra marca muito famosa até os dias de hoje com vários produtos, eles também tinham nos anos 80 alguns modelos de toca-fitas. Todavia ficou bem conhecida nos anos 90 com uma grande procura de seus falantes para carros.


TKR – Essa é outra marca que vendeu bastante, era bem comum acharmos veículos equipados com este toca-fitas. A marca é filiada a CCE, mas na época tinham poucas reclamações.


TOJO Apesar de também ter toca-fitas desta marca, irei comentar um pouco sobre os equalizadores.

Eu particularmente pirava naquelas luzes estilo LED destes equalizadores. Um pouco antes da chegada deles, existiam os amplificadores. Mas não eram esses que vemos hoje ao estilo módulo de potência, eram caixinhas vem semelhantes aos equalizadores que apenas amplificava o volume com um botão “Power”.

Apesar de ser um dos modelos mais simples, meu irmão tinha um GR-100 que eu achava simplesmente fantástico. Vários anos depois eu comprei um modelo bem mais avançado que foi o modelo GR-1500, tinha uma função em que os LED’s vermelhos lembravam aqueles LED’s do seriado “A Super Máquina”. Coloquei no carro do meu pai que eu pegava emprestado, porque até então eu não tinha carro mesmo. Rsrs

Os primeiros modelos de equalizadores foram os que mais ficaram na memória de muitas pessoas: GR 80, GR 100, GR 200 e GR 300.



Curiosidades:

A japonesa KENWOOD se juntou com a famosa JVC.

Muitas marcas eram mais vistas por serem vendidas em grandes lojas de varejo estilo Mappin.

Deixar fita dentro do toca-fitas com o carro muito tempo exposto ao Sol, deu dor de cabeça para muita gente no passado.

Muitos toca-fitas bons e bonitos saíam de fábrica com modelos de carros em específico.

Era muito comum ver pessoas segurando verdadeiros trambolhos na mão quando lançaram no final dos anos 80 os toca-fitas de gaveta, para evitar ladrões. Não deu muito certo. Nos anos 90 lançaram as frentes destacáveis que existem até hoje, também não deu muito certo porque os ladrões roubam a parte traseira e é muito fácil achar a parte da frente em diversas lojas.

Depois a Pioneer lançou modelos em que você retirava todo o som para evitar o roubo e a quebra de vidros, basicamente o estilo gaveta, mas com aparelhos menores. Atualmente vemos os aparelhos integrados ao design do painel, o que dificultou bastante o furto de som, mas ainda existem roubos. Na minha opinião após essas várias décadas, seria mais fácil ter mais polícia nas ruas e penas mais duras para quaisquer tipos de delitos, mas isto é uma outra conversa....

Devido ao problema acima, muitas pessoas nos anos 80 instalavam o equalizador separado no porta luvas e alguns mais ousados, abriam a parte do quebra sol e embutiam o som dentro. Eu particularmente fazia outra coisa. Tinha um toca fitas de gaveta com equalizador acoplado, tirava ele e deixava embaixo do banco. No buraco que ficava o painel, deixava um monte de fios e uma capinha quebrada que peguei em uma loja de som automotiva. Quem olhava de fora, pensava que o toca-fitas já havia sido roubado.

A marca MUSTANG teve modelos com toca-fitas com Double deck e também modelos com uma mini TV


 

 

 

Vanderlei Schiavolin