Notorious

A Flock of Seagulls - Listen

O segundo álbum do A Flock of Seagulls, Listen foi lançado em 1983 pela Zomba Group (divisão da Sony) e produzido por Mike Howlett e Bill Nelson. Além de A Flock of Seagulls, Howlett produziu artistas como OMD, Thompson Twins, Tears for Fears e Berlin (entre vários outros). Nelson, embora fosse bom produtor, se destacou mais como músico.

FICHA

"A Flock Of Seagulls ‎– Listen "
Data de Lançamento:
1983
Faixas: 10 faixas
Duração: 42 minutos aprox.

Faixa a Faixa:
Lado A
01. Wishing (If I Had A Photograph Of You) - 5:30
02. Nightmares - 4:36
03. Transfer Affection - 5:20
04. What Am I Supposed To Do - 4:10

Lado B
01. Electrics - 3:33
02. The Traveller - 3:26
03. 2:30 - 0:59
04. Over The Border - 5:02
05. The Fall - 4:26
06. (It's Not Me) Talking - 5:00

Baixo e Vocal - Frank Maudsley
Bateria - Ali Score
Engenheiro - Dave Hutchins
Guitarra e Vocal - Paul Reynolds
Vocal, Teclado e Guitarra - Mike Score
Gerenciamento - Checkmount Ltd.
Masterizado - BilBo
Make-up - Martin Pretorius
Design, Direção de Arte - Pete Watson
Fotografia - Eric Watson
Produtor - Mike Howlett
Escrito por - A. Score, F. Maudsley, M. Score, P. Reynolds

Gravadora: Jive

Embora nos EUA A Flock of Seagulls seja considerado "One-Hit Wonder", o sucesso alcançado pela banda com o lançamento de Listen mostra que essa imagem não reflete a verdade. O álbum alcançou nas paradas americanas a mesma posição que alcançou nas paradas de sua terra natal, 16º lugar.

Mais eletrônico, o álbum todo é bem construído e das 10 faixas a mais conhecida, ou talvez a única para alguns, definitivamente é o single de lançamento "Wishing (If I Had A Photograph of You)". Conquistou merecidamente seu lugar entre as 10 primeiras no Reino Unido. Todas são muito boas, mas acho que "Nightmares", "Transfer Affections", "What Am I Supposed to Do" e "The Traveller" merecem destaque. Não apenas os arranjos são bons, mas as letras também são bem legais e algumas carregam mais valor, mais conteúdo.

A última faixa da versão original do álbum, a "(It's Not Me) Talking", também é muito boa e fala sobre contato com seres de outros planetas, rs.

Foi lançada uma versão em cassete, contendo as mesmas músicas, mas em ordem diferente, e três faixas bônus: "Rosenmontag", "Quicksand"e "The Last Flight of Yuri Gagarin". São todas bem legais, mas acho a "The Last Flight of Yuri Gagarin" a melhor.

Listen foi relançado em CD três vezes: em 1992, 2004 e 2010. Todas com as mesmas 10 faixas e algumas bônus. A versão de 1992 contém exatamente as mesmas do cassete. A de 2004 também contém "Quicksand", a versão extended de "Committed" e uma versão ao vivo de "I Ran (SoFarAway)" enquanto a de 2010 contém também "Quicksand", extended de "Wishing (If I Had a Photograph of You)" e de "Nightmare", a versão original de "Committed" e "Tanglimara".

Embora tenha alcançado relativo sucesso Listen infelizmente não é muito conhecido por aqueles que não são fãs realmente fanáticos. O álbum merecia mais crédito do que recebeu de fato, pois mostra mais uma vez o talento da banda reforçando a idéia de que já eram visionários na época e não "one-hit wonder" como pensam alguns.

Muitas pessoas nos anos 80 ouviram A Flock of Seagulls mesmo sem saber quem era, pois foi utilizada em um comercial muito famoso dos Cigarros California com a música "Transfer Affection".

A música "Transfer Affection" também tocava sempre na casa noturna California Dreams em sua abertura e às vezes no fechamento, pelo fato da casa ser patrocinada pelo cigarro. Lembrando que tocava "Transfer Affection" não só nas noites de sábado, mas também na matinê.

Curiosidades:

O rosto na capa do álbum é do irmão do Mike, o Ali Score (baterista).


Natascha Coelho