Notorious
Celebrate The Nun - Meanwhile

Verso do CD "Meanwhile "

Os anos 80 foram responsáveis por inúmeras bandas de synth pop de qualidade e dentre elas citamos o Depeche Mode, que como ninguém, soube influenciar diversas bandas que seguiram o mesmo gênero. Dentre elas podemos citar o Camouflage, Red Flag, De Vision e o Celebrate the Nun.

O ano é de 1988, um pouco tarde para o surgimento de uma nova banda no gênero, pois começava a surgir o movimento da house e acid music, além do freestyle.

Apesar da banda ser formada em 1986 por H.P.Baxxter e Rick J. Jordan, Britte Maxime e Slin Tompson, o single de estréia sai somente em 1988 - Ordinary Town.

No mesmo ano é lançado o álbum Meanwhile que traz além da faixa Ordinary Town, mais 02 hits que badalaram os Clubs americanos, sendo que Will You Be There chegou na parada dance da Billboard, atingindo o posto de número quatro e o álbum obteve mais de 30.000 exemplares vendidos.


Para um álbum de estréia e para quem adora o gênero synth pop como eu, posso afirmar sem sombra de dúvidas que todas as faixas são impecáveis. Pena que a banda teve uma breve passagem, pois a sonoridade e o ritmo dançante é uma constante.

Elogios a parte, vamos a uma analise das principais faixas desse manjar dos deuses:

Ordinary Town – Single de estréia da banda e com um diferencial de solo de teclados bem harmoniosos e que serviu de cartão de visita para o bem sucedido álbum Meanwhile.

FICHA

"Celebrate The Nun "
Data de Lançamento:
1989.
12 faixas, 48 minutos, aprox.

Faixa a Faixa:
01. Ordinary Town (4:15)
02. My Jealousy (4:31)
03. Will You Be There (3:29)
04. Maybe Tomorrow (3:54)
05. Don't You Go (3:52)
06. She's A Secretary (3:07)
07. Cry No More (4:06)
08. Stay Away (4:34)
09. Could Have Been (3:48)
10. So (4:25)
11. Unattainable Love (4:35)
12. Strange (5:08)

Produzido por: Peter Siedlaczek
Gravadora: Enigma Records

My Jealousy – Contagiante e indiscrítivel, o ritmo de fundo lembra o mega-hit Will You Be There. Com uma sonoridade invejável e no estilo da banda Anything Box que propagou o synth pop dos 80 nos 90. A letra retrata o ciúme doentio de um homem que está apaixonado.

Will You Be There – Single responsável pelo sucesso da banda e que elevou o Celebrate The Nun às paradas da Bilboard. Reconhecimento mais do que justo para quem tem verdadeira afinidade com o movimento synth pop. A letra fala da angústia de um homem que tem medo de ficar sozinho e tenta reconquistar sua amada. Essa música ganhou também uma versão com o nome de French Floor Mix que foi inspirada na música Frenck Kiss da Lil´Louis...isso mesmo é aquela que tem a variação do pitch (velocidade) da música de acordo com uma suposta relação sexual. De vez em quando podemos conferir essa versão na pista do Autobahn. Simplesmente D+.


Single de
" Will You Be There "

Don’t You Go – Amor a primeira vista. Desejo constante de um homem que quer sua amada agora e clama para que ela não se vá...don’t you go, don’t you leave me now.
Amor a primeira vista também pela melodia da música.

She’s a Secretary – Ela faz de tudo pra ter o poder e para isso terá de seduzir seu diretor. Outra faixa de destaque que virou single.

Para todos os freqüentadores do Autobahn, deixo aqui um apelo para que conheçam mais profundamente tudo de bom que os anos 80 tem a nos oferecer, pois bandas como o Celebrate the Nun são como tesouro escondido, que por muitos passou desapercebido.

Sabemos que New Order, Depeche Mode, Pet Shop Boys, Erasure e muitos outros são ícones dos anos 80, mas essas bandas que tem forte influências dos gigantes tem uma sonoridade impecável e definitivamente não podem ser classificadas como ‘One Hit Wonders’. Ouçam o álbum, baixe as músicas no seu computador e vamos fazer com que bandas como esta toquem com mais freqüência na pista do Autobahn.

Um abraço a todos e até a próxima

 

Reinaldo Pereira