Notorious
Clan Of Xymox - Medusa

 


Segundo álbum de Clan Of Xymox, Medusa foi lançado em 1986 pela 4AD e produzido por John Fryer. Fryer também contribuiu com gravadoras como Mute, Rough Trade e a antiga Beggars Banquet (hoje, todas selos da renovada Beggars Group, inclusive a 4AD). Entre as bandas que produziu estão Depeche Mode e Cocteau Twins.

Lançando produtos de bandas como Dead Can Dance, Cocteau Twins e XMal Deutschland, a 4AD se consagrou no cenário alternativo e até hoje exerce influência no meio. Por isso, vale sempre lembrar de sua importância.

Alternativo demais até mesmo para as paradas da Holanda (país de origem da banda), Medusa não figurou nenhum ranking, pelo menos não em posições significativas. Mas, como nem tudo o que está nas paradas é realmente bom, não alcançar alguma lista não significa falta de qualidade. Muito pelo contrário, Clan Of Xymox tem qualidade de sobra e este álbum veio para confirmar isso.

FICHA

"Clan Of Xymox - Medusa "
Data de Lançamento:
1986
Número de Faixas:10
Estilo: Synthpop, Gótico, Dark
Tempo Aproximado: 41 minutos

Faixa-a-Faixa:


Lado A
01. Theme I - 2:54
02. Medusa - 5:53
03. Michelle - 2:59
04. Theme II - 1:43
05. Louise - 5:17
06. Lorrentine - 3:33


Lado B
01. Agonised By Love - 5:18
02. Masquerade - 3:54
03. After The Call - 5:55
04. Back Door - 4:52




Gravadora: 4AD


Representando uma fase de transição (pouco depois mudaram novamente o nome para Xymox e o tom extremamente gótico ganhou mais suavidade enquanto as influências do Synthpop ganharam mais evidencia), as músicas refletem bem essa fase de mudança. Consideravelmente diferente do primeiro, que é muito mais pesado e forte, Medusa como um todo é mais suave e romântico, embora ainda bem dark.

.

A maioria das faixas segue mais ou menos o mesmo ritmo, as mudanças de peso e batidas não são bruscas. Gosto de todas, mas minha favorita é a última, a “Back Door”.Por ser a única que segue fielmente a linha do primeiro álbum e mantem as raízes de Clan Of Xymox, é a que mais se destaca.

Outra que acho excelente é “Louise”, a influência de New Order fica mais clara ainda nesta música (principalmente na guitarra). Também adoro “Masquerade” e “Afterthe Call”, principalmente a letra de ambas. O que gosto muito na segunda, é que a base lembra Section 25.

Repleto de profundidade e significado tanto na melodia quanto nas letras, Medusa é um prato cheio para quem gosta do bom e velho dark e para quem prezaqualidade.

 

Natascha Coelho