Notorious
Joy Division - Substance

 

FICHA

Joy Division - Substance
Data de Lançamento:
11/07/1988
Número de Faixas: 10
Estilo: Post Punk
Tempo Aproximado: 37 minutos

Lado A
01. Warsaw - 2:25
02. Leaders Of Men - 2:35
03. Digital - 2:50
04. Autosuggestion - 6:08
05. Transmission - 3:36

Lado B
01. She's Lost Control - 4:45
02. Incubation - 2:52
03. Dead Souls - 4:56
04. Atmosphere -3:39
05. Love Will Tear Us Apart - 3:25

Produtor – Martin Hannett and Bernard Sumner


Gravadora: Factory Records

Lançado em 1988 (8 anos após a morte de Ian Curtis) e 1 ano após o sucesso arrebatador de Substance do New Order em 1987, pela Factory Records, Substance é uma coletânea de músicas lançadas em single e EP. A única faixa que fez parte de um álbum de estúdio é “She’s Lost Control”, do primeiro álbum da banda, o Unknown Pleasures.

A coletânea foi lançada um ano depois da homônima do New Order. Esta deu tão certo que resolveram lançar uma do Joy. E a decisão foi acertada, o álbum entrou nas paradas, tanto americanas quanto britânicas. Nos EUA o reflexo foi singelo, mas muito considerável, se tratando de uma banda inglesa tão alternativa, tão "underground". Ficou entre os 200 mais da Billboard. Já no Reino Unido alcançou o 7º lugar. Terceira melhor posição na história do grupo.

Lançado primeiramente em LP e posteriormente em cassete e CD, o álbum conta com 10 faixas. 

As duas primeiras, "Warsaw" e "Leaders of Men" (ambas do EP An Ideal for Leavig), têm o estilo bem punk mesmo, bem diferente do que muitos conhecem. Da terceira em diante é o Joy que a maioria conhece, bem deprê. 
Dessa fase dark, as menos conhecidas são excelentes!! Boa dica para os fãs que não conhecem tão bem o trabalho da banda. São elas "Digital", "Autosuggestion" e "Incubation".

Gosto muito das três!! Outra do Substance que gosto muito (uma das minhas favoritas, aliás) é "Dead Souls". Nine Inch Nails gravou uma versão dessa música (muito boa por sinal), que fez parte da trilha sonora do filme O Corvo. 

O álbum todo é muito bom! E a grande vantagem de uma coletânea como esta é que traz a oportunidade para aqueles que querem conhecer melhor o trabalho de um grupo, pois apresenta as faixas mais conhecidas e também as mais representativas. 

Natascha Coelho