filmes
Madonna - Like a Virgin


Parte de Trás do Vinil de "Like a Virgin "

Lado A do Vinil de "Like a Virgin "

"Like A Virgin", segundo álbum da Madonna, foi lançado em 12 de novembro de 1984 e foi definitivamente o disco que a consagrou no mundo da música, atingindo o topo das paradas musicais de todo o planeta, vendendo 10 milhões de cópias somente nos Estados Unidos.

O lançamento ocorreu após longos quatro meses de atraso, pois devido ao grande sucesso do álbum de estréia "Madonna", a gravadora decidiu adiar o lançamento do disco para faturar um pouquinho mais com as vendas do anterior, que iam de vento em polpa principalmente após os lançamentos dos singles "Borderline" e "Lucky Star", o que deixou Madonna bastante ansiosa, que já revelava em entrevistas detalhes do disco e possíveis datas do lançamento.

Madonna escolheu para produzir o álbum o renomado Nile Rodgers, da banda Chic, devido ao seu trabalho no muito bem sucedido "Let's Dance", de David Bowie. Foi contratado justamente por ser perfeccionista, ele mesmo tocou guitarra em todas as músicas e preparou cada faixa utilizando refis de violão, carrilhões cintilantes e baixos rodantes, com batidas mais "funk" (entenda-se "funk" como influência da música negra americana), além claro, do uso (e abuso) de sintetizadores que eram bem característicos na década de 80.

Madonna dedicou o álbum a todas as virgens do mundo.

"Like A Virgin" virou febre mundial, chegou a vender 75.000 cópias por dia,as músicas eram executadas praticamente 24 horas nas rádios e os vídeos eram exibidos incansavelmente. Em abril de 1985, Madonna saiu pela primeira vez em turnê nos Estados Unidos para promover o disco e todos os ingressos foram esgotados em poucos minutos, batendo recordes de vendas, ultrapassando grandes nomes da época como Michael Jackson e Bruce Springsteen.

 
FICHA

  "Madonna - Like a Virgin "
Data de Lançamento:
12 de novembro de 1984, 9 faixas, 35 minutos, aprox.

Faixa a Faixa:
01. Material Girl (4:04)
02. Angel (3:57)
03. Like A Virgin (3:39)
04. Over And Over (4:13)
05. Love Don't Live Here Anymore (4:51)
06. Dress You Up (4:02)
07. Shoo-Bee-Doo (5:18)
08. Pretender (4:31)
09. Stay (4:09)


Madonna - Vocals
Jason Corsaro - Extra Notes
Bernard Edwards - Bass
Nile Rodgers - Guitar, Synclavier
Jimmy Bralower - Programming, Drum Programming Brenda King - Vocais
Curtis King - Vocais
Lenny Pickett - Saxophone
Robert Sabino - Teclados
Frank Simms - Vocais
George Simms - Vocais
Tony Thompson - Bateria
Budd Tunick - Production Manager

Jeri McManus - Design
Jeffrey Kent Ayeroff - Direção de Arte
Jeffrey Kent Ayer - Design
Steven Meisel - Fotografia
Maripol - Estilista

Produzido por: Nile Rodgers
Masterização: Bob Ludwig
Mixado por: Jason Corsaro
Fotografia: Steven Maisel
Gravadora: Sire Records

É indispensável comentar "faixa-a-faixa".


Lado B do Vinil de "Like a Virgin "

Faixa a Faixa:

Material Girl

Canção que tornou Madonna conhecida como a eterna "Garota Materialista", que declarou anos mais tarde que se soubesse que ia ser rotulada dessa maneira jamais a teria gravado. A letra é uma sátira às pessoas extremamente ligadas ao consumismo. É o segundo single do álbum, que ganhou um belíssimo vídeo
inspirado na estonteante Marilyn Monroe, fazendo uma paródia de que o dinheiro não traz a felicidade. Nos bastidores das filmagens conheceu Sean Penn, que seria seu futuro e polêmico marido.

Angel

Terceiro single do álbum que foi impulsionado nas vendas (2 milhões de cópias no mundo todo) devido ao seu lado B, que conta com o hit "Into The Groove". A letra é inocente e bonitinha, com direito a gargalhadas de Madonna durante a música.

Like a Virgin

Faixa-título do álbum, foi o primeiro single de Madonna a atingir o nº 1 no hot 100 da Billboard, onde lá permaneceu durante seis semanas consecutivas (foi apenas o início para elencá-la entre as cantoras que mais possuem um single # 1 nos charts). A letra ousada causou polêmica ao retratar os prazeres de uma garota virgem sendo tocada pela primeira vez, sendo o começo de uma carreira cheia de polêmicas e quebras de tabus impostos pela sociedade, com "Like A Virgin" Madonna mostrou que não tem medo de expressar o que pensa. O vídeo foi todo gravado em Veneza e Madonna contracenou até com um leão de verdade, onde três atiradores de elite estavam em alerta.

Over and Over

Destaque para essa faixa extremamente dançante, cuja performance na "Virgin Tour" Madonna utiliza um pandeiro levando o público ao delírio.

Love Don't Live Here Anymore

Regravação dos anos 70 da cantora Rose Royce, Madonna somente lançou esse single 12 anos depois, em abril de 1996, quando essa faixa saiu na coletânea "Something To Remember" de 1995. É a única lenta do álbum e o belo vídeo mostra uma Madonna melancólica cantando entre colunas.

Into the Groove

Essa canção não foi incluída no lançamento original do disco, é trilha sonora do filme "Procura-se Susan Desesperadamente" e somente havia sido lançada como lado B do single "Angel", mas devido ao grande sucesso do filme, onde Madonna também atua, se tornou um hit (foi a 5ª música mais executada nas rádios do mundo no ano de 1985) e incluída numa re-edição do álbum somente no Brasil e Alemanha, o que foi uma pena, pois se tivesse sido lançado oficialmente como single sem dúvida alguma se tornaria um hit nº 01.
O videoclipe é uma compilação das melhores cenas do filme e seus remixes detonam nas pistas.

Dress You Up

É o quarto e último single do álbum, chegando ao pico de 5º lugar no Hot 100 da Billboard, sucesso absoluto nas rádios e casas noturnas. A guitarra característica de Nile Rodgers arrepia nessa faixa e o vídeo ao vivo, extraído da "Virgin Tour", é super alto-astral

Shoo-Bee-Doo

Lado B do single "Dress You Up", a letra conta a história de uma mulher que tenta conquistar um homem cheio de traumas dos relacionamentos anteriores.

Pretender

"Pretender" aparece no lado B de "Material Girl" e a música retrata um homem totalmente diferente da faixa anterior, que somente busca por aventuras e
engana as mulheres, enchendo-as de ilusões.

Stay

Última faixa que fecha o disco com chave de ouro, "Stay" tem uma melodia empolgante e Madonna capricha nos vocais, principalmente nos momentos dos
refrões.




Carlos Simões