Notorious
Midnight Oil - Diesel and Dust

 


Midnight Oil

Para falarmos deste álbum, que é o sétimo da carreira desta banda australiana (incluindo os 2 EPs na discografia), lançado em 1987, não podemos deixar de falar o quanto o Midnigth Oil consegue se desenvolver e aprimorar o seu conhecimento e técnica musical, acompanhando o Vaz poderosa do Gigante Peter Garrett (gigante mesmo, pois ele tem mais de 2 metros de altura!). E com esse tamanho todo, ele agita e brinca muito no palco, fazendo um show a parte nos shows da Banda. Muito bom!!!

Alguns afirmam que este álbum foi um marco, onde eles atingiram o auge do sucesso, pois eles alcançaram o topo das paradas na Austrália, ficaram em 19º na Inglaterra, 1º na França e 21º nos Estados Unidos. Apesar de que o seguinte “Blue Sky Mine” também é muito bom, e temos várias músicas que todo mundo aqui conhece muito bem! Excelente!

FICHA

"Midnight Oil - Diesel and Dust"
Data de Lançamento:
1987
Número de Faixas: 10
Estilo: Rock
Tempo Aproximado: 42 minutos

Faixa-a-Faixa:

1. Beds Are Burning 4:14
2. Put Down That Weapon 4:38
3. Dreamworld 3:36
4. Arctic World 4:21
5. Warakurna 4:38
6. The Dead Heart 5:10
7. Whoah 3:50
8. Bullroarer 4:59
9. Sell My Soul 3:35
10. Sometimes 3:53


Estúdios - Albert Studios
Produtor
- Midnight Oil
Vocal - Peter Garret, Peter Gifford, Rob Hirst e Jim Moginie
Baixo - Peter Gifford
Guitarra - Martin Rotsey e Jim Moginie
Teclado - Jim Moginie
Bateria - Rob Hirst
Trombone - Glad Reed

Gravadora - CBS


Este álbum inspirado na turnê “Blackfella/Whitefella”, e é considerado até os dias de hoje um dos maiores álbuns já lançados em toda a Austrália.

Quando o pessoal conheceu músicas com um som tão poderoso como: “Beds are Burning”, “Put Down that Weapon”, “Dreamworld”, “The Dead Heart” e “Sell My Soul”, não houve dúvidas: estes sons foram instantaneamente convincentes para que eles fossem considerados a melhor banda de rock surgida na Austrália nos anos 80.
Vamos comentar alguns desses sons maravilhosos:

1 "Beds Are Burning" (4:14) – Acho esta música sensacional e uma das mais importantes da carreira da banda. Ela é considera a música australiana mais conhecida fora da Austrália. Ela está entre os 100 Greatest Hits dos anos 80, da VH1.

2 "Put Down That Weapon" (4:38) – Esta música fala sobre a Guerra e seus efeitos. Afinal, esta banda também é considerada super politizada.

3 "Dreamworld" (3:36) – Esta música não é uma das mais conhecida s e tocadas desta álbum, mas é uma das mais dançantes. Eu adoro, e vale a pena conferir o vídeo, que mostra uma paisagem sensacional.

4 "Arctic World" (4:21) – Esta é lenta com uma letra mais “pensativa”...
5 "Warakurna" (Moginie) – 4:38 – Warakurna é o nome de uma comunidade aborígene da Austrália, bem no meio do deserto mesmo, e fala do sofrimento dessas tribos.

6 "The Dead Heart" (5:10) – acho este o melhor som do álbum, e ela chegou no número 4 da parada de Singles na Austrália. O single foi lançado em 1986, e foi incluído no álbum em 1987.

7 "Whoah" (3:50) – Mais uma música com a letra super politizada, onde eles fala que possoas “perdida” acabam buscando uma resposta e uma explicação em Deus (mas, nem sempre isso adianta...). Veja, a tradução da letra.

8 "Bullroarer" (4:59) – Mais uma música que fala de uma cultura Aborígere, e també é como chamam uma paisagem do deserto.

9 "Sell My Soul" (3:35)

10 "Sometimes" (3:53) – Esta é uma das músicas mais agitadas do álbum, e raramente foi tocada nas rádios aqui do Brasil. Mas, é a cara da Banda! É um dos pontos altos dos shows, com certeza.

11 "Gunbarrel Highway" (3:38) - Para melhorar, o CD consta com essa bonus track.

A BANDA:
Martin Rotsey - guitars
Peter Gifford - bass, vocals
Robert Hirst - drums, vocals
Jim Moginie - guitars, keyboards
Peter Garrett - vocals

CURIOSIDADES DA BANDA:
Em 2007, O líder da banda Peter Garrett, foi anunciado como ministro do Meio Ambiente da Austrália.


Paully Le Bon