Notorious
New Order - Substance


Capa do single - "Blue Monday"

Capa do single - "Bizarre Love Triangle"

UM POUCO DE HISTÓRIA

Formado no início dos anos 80 em Manchester, Inglaterra, o New Order era constituído por três ex-integrantes da banda Joy Division: Bernard Sumner, Peter Hook e Stephen Morris. O Joy Division teve uma carreira meteórica, devido ao suicídio do vocalista e poeta Ian Curtis, em maio de 1980. Após algumas apresentações ao vivo como trio, Gillian Gilbert foi integrada à banda para tocar teclados e guitarra.

Ainda com o fantasma de Ian Curtis acompanhando a banda, lançaram em 1981 Movement, o álbum de estréia. Mas o sucesso e a nova identidade do New Order viria no álbum Power, Corruption & Lies (1983), com a fusão de música eletrônica e rock. Low Life, de 1985, traz alguns sucessos da banda como Perfect Kiss. Em 1986, foi lançada uma das músicas mais famosas do quarteto, Bizarre Love Triangle, no disco Brotherhood. Esses álbuns formaram a estrutura de um dos álbuns mais importantes do grupo: a coletânea Substance (1987).
 


"Ceremony"

"Everything Gone Green"

"Temptation"

"Confusion"

SUBSTANCE

Lançado há exatos 20 anos, é o álbum mais idolatrado dos anos 80, porque sintetiza o melhor da música da década. Trata-se de uma coletânea de singles em formato 12", incluindo músicas que não estavam disponíveis nos primeiros álbuns do grupo, e muitas que só saíram em single.


"Thieves Like Us"

"Perfect Kiss"

"Subculture"

 
FICHA

 

"New Order - Substance"
Data de Lançamento:
1987
24 faixas, aproxim. 147 min.

Faixa a Faixa:

Disco I
01- Ceremony - 04:23
02- Everthing Gone's Green - 05:30
03- Temptation - 06:59
04- Blue Monday - 07:39
05- Confusion - 04:43
06- Thieves Like Us - 06:36
07- Perfect Kiss - 08:03
08 - Subculture - 4:47
09 - Shellshock - 6:28
10 - State Of The Nation - 6:32
11 - Bizarre Love Triangle - 6:44
12 - True Faith - 5:54

Disco II
01. In a Lonely Place - 6:16
02. Procession - 4:27
03. Mesh - 3:25
04. Hurt - 6:59
05. The Beach - 7:19
06. Confusion [Instrumental] - 7:38
07. Lonesome Tonight - 5:11
08. Murder - 3:55
09. Thieves Like Us [Instrumental][Mix] - 6:57
10. Kiss of Death - 7:02
11. Shame of Nation - 7:54
12. 1963 - 4:27

Gravadora: EMI Records

Ceremony, composta na época do Joy Division, gravada já sob os ares da Nova Ordem, abre o álbum. In a Lonely Place, lado B de Ceremony, também lançado na coletânea, do que se convencionou chamar de “Substance 2”, reunindo “b-sides” dos singles. Procession, Everything Gone's Green e a clássica Temptation também entraram na coletânea. Shellshock composta para ser o tema do inesquecível filme A Garota de Rosa Shocking, ainda era inédita em álbuns da banda, e também presente no maior álbum dos anos 80. Mas o grande charme do álbum com certeza são as versões 12”, músicas feitas sob medida para tocar nas casas noturnas. Essas versões fizeram mais sucesso do que as músicas originais, como a famosa versão de Bizarre Love Triangle, eleita a música-símbolo da década de 80. Fazem parte do álbum músicas como Perfect Kiss, Blue Monday (o single mais vendido da história) e True Faith, verdadeiros hinos dos anos 80.


"Shellshock"

"State of the Nation"

Confusion ganhou uma versão instrumental (no disco dos b-sides), assim como Thieves Like Us. Já State of the Nation virou Shame of the Nation e Perfect Kiss o remix Kiss of Death. Há ainda o remix instrumental de Blue Monday, a música The Beach, do álbum Power, Corruption & Lies (que antigamente não incluía a música Blue Monday).


Capa do single - "True Faith"

Nem a própria banda tinha idéia do tamanho do sucesso que o álbum atingiria. No DVD New Order History, Peter Hook deu o seguinte depoimento sobre o álbum: “- Barney quis gravar Substance porque ele queria poder tocar todos os singles do New Order em seu carro. Ele tinha acabado de comprar um CD. Foi por isso que fizemos Substance, para ele poder ouvir todas as músicas no carro. Que é uma ótima razão, considerando-se o sucesso do disco.”

No ano de 1988 foi lançada uma coletânea do Joy Division também chamada Substance.
Se você quer conhecer mais sobre o New Order, esta coletânea é uma ótima escolha. Mas se você é fã, com certeza já o tem em sua coleção.

“Dreams Never End...”

 

Fabiano Ribeiro