Notorious
Pet Shop Boys - Disco (1986)

 


Contra Capa do Vinil

Falar de Pet Shop Boys é uma tarefa ambígua, ao mesmo tempo em que é extremamente fácil é também extremamente difícil.

Fácil porque tudo que eles fazem fica muito bom, agrada a todos e tem sempre muita, muita qualidade musical.

Difícil justamente porque é tão abrangente e comentado, que corremos o risco de cair na repetição.


Capa do Single "West And Girls"

O álbum Disco (1986) foi ousado, em uma atitude totalmente inédita até então, foi o primeiro disco da história, em que uma banda lançava um segundo álbum com apenas 2 músicas inéditas (para o grande público, que não saíram no primeiro LP), mas todo o resto em versões novas e retrabalhadas. Corajosos, autênticos e acima de tudo, muito competentes. Tendo alcançado um enorme sucesso no primeiro álbum, o Pet Shop Boys retrabalhou os 4 maiores sucessos do primeiro álbum e os 2 principais b-sides desses singles. Fez novas versões das faixas que fizeram parte de seus 4 primeiros singles: “West End Girls”, “Suburbia”, “Opportunities” e “Love Comes Quickly”, além dos maravilhosos b-sides "In the Night" e "Paninaro" em versões inéditas. Como se fosse um the Best só do primeiro álbum. Ousado e genial. Ali nascia uma tendência, a valorização das versões 12" para o grande público, antes, item de consumo apenas para rádios, DJs e colecionadores.

E alcançaram um resultado muito bom, deixando mais dançantes ainda as músicas que já tinham essa qualidade. Inclusive Paninaro que era o b-side de Suburbia, virou até single e teve lançamento exclusivo de edição limitada na Itália. Disco ousou e revolucionou!


Capa do Single de "Opportunities"

Faixa a Faixa

1. "In the Night" (Arthur Baker's Extended mix)
O gênio do Electro e um dos pais do Freestyle, que já tinha no currículo o primeiro Electro da história da música e o New Order, a banda mais tocada nas pistas de dança dos anos 80, foi o escolhido para transformar essa song que até então era apenas o b-side de Opportunities em um hit de pista e até trilha de seriado na Inglaterra. Arthur Baker, o gênio da produção no que eu chamaria de mid 80s...

2."Suburbia" (Julian Mendelssohn's Full Horror mix)
Mais uma song inesquecível dos Pet Shop Boys, ótima pra pista e ao mesmo tempo para a mente. Se tornou um dos grandes hits de uma das melhores duplas de synthpop dos anos 80.

FICHA

"Pet Shop Boys - Disco"
Data de Lançamento:
1986
Número de Faixas: 06
Estilo: Pop/Inteligent Pop/Synth
Tempo Aproximado: 60 minutos

Faixa-a-Faixa:

01. In The Night 6:26
02. Suburbia (The Full Horror) 8:57
03. Opportunities 5:29
04. Paninaro 8:40
05. Love Comes Quickly 6:52
06. West End Girls 9:04

Capa - Mark Farrow , Pet Shop Boys
Letras - Tennant - Lowe

Gravadora: EMI



3. "Opportunities (Let's Make Lots of Money)" (Versão Latina de Ron Dean Miller e Latin Rascals)

Mais uma vez o Pet Shop Boys mostra sua linha synthpop de primeira, com teclados apaixonantes, vocais envolventes e letra direta, realista, sem medo de ser feliz e dizer a real. Aliás uma característica notória em todos os álbuns dos Pet Shop Boys, é uma das bandas que mais descrevem a realidade em suas músicas. Não tem como não se identificar em letras como Love Comes Quickly, The Way it Used to Be, ou reconhecer amigos e amigas em letras como Rent e Opportunities... A realidade nua e crua... :) Na verdade, nem um pouco crua... pelo contrário, com um requinte synthpop invejável, mas totalmente nua...


Capa do Single de "Love Comes Quickly"

4."Paninaro" (Mix Italiana de Pet Shop Boys e David Jacob)
Paninaro, que vem do italiano, (do bar Al Panino), que os frequentadores eram chamados de 'Paninari' ou indlividualmente de Paninaro. Sintetizadores de primeira, uma das songs mais dançantes dos anos 80, tanto que foi copiada por muita gente, inclusive do Freestyle, que depois levou até os próprios Pet Shop Boys fazerem um Freestyle em 88. Rítmo perfeito, sob um refrão quase único na voz do Neil Tennant, dono de umas melhores vozes dos anos 80, apaixonante, intercalado com a primeira música que o Chris Lowe cantou na história, com uma voz mais robotizada, e os beats pra lá de Kraftwerkianos, a versão 12 influenciou mais da metade das bandas Freestyle e Italo Disco da época. Originalmente o b-side de Suburbia que ganhou várias versões em singles, tendo voltado a fazer enorme sucesso em 1995, com direito a um novo single e um novo clipe.

5. "Love comes quickly" (Shep Pettibone's Mastermix)

Uma das letras mais felizes (nos dois sentidos, um momento feliz de inspiração e de colocar as pessoas pra cima pela letra, mostrando que o amor e tantas outras coisas que almejamos não tem data para chegar, não adianta ficar triste ou procurando, quando a gente menos espera, ela acontece). Uma das melhores e mais realistas letras dos anos 80 com uma levada leve e ultra-romantica: "O amor chega rapidamente, não importa o que você faça, você não consegue evitar". E lembre-se... when you least expect it, waiting around the corner for you...

6. "West End girls" (Shep Pettibone's Disco mix)
Disparado o maior sucesso do primeiro álbum, teclados cativantes que conquistaram as pistas de todo o mundo e um rítmo cadenciado que inagurou a geração dos passinhos das pistas nos anos 80. Se tem uma lembrança que me marcou em passinhos, foi quando West End Girls era o maior sucesso do Rhapsody, e toda a pista, sem excessão, toda a pista, umas 400 pessoas faziam o passinho. É uma cena que vai ficar pra sempre nas mentes de todo mundo que presenciou (re)nascimento dos passinhos nos anos 80. A influência Kraftwerkiana finalmente dominava as pistas de todo o mundo, mas ao som dos garotos que revolucionaram o pop britânico. Os Pet Shop Boys.

 

Ivan Guilherme Beneri e Marcos Vicente


s