Notorious

Queen - The Works

Lançado em 1984, The Works é o 11º álbum de estúdio da banda Britânica. O último disco Hot Space – 1982 trouxe um estilo disco e música eletrônica, The Works traz um Queen que mistura seu lado rock com sintetizadores de primeira linha, já que o synthpop era o principal estilo da década de 80.

FICHA

"Queen The Works"
Data de Lançamento:
1984
Faixas: 09 faixas
Duração: 39 minutos aprox.

Faixa a Faixa:
Lado A
01. Radio GaGa - 5:08
02. Tear It Up - 3:19
03. It's A Hard Life - 5:21
04. Man On The Prowl - 4:25

Lado B
01. Machines (Or Back To Humans) - 2:13
02. I Want To Break Free - 5:46
03. Keep Passing The Open Windows - 3:25
04. Hammer To Fall - 4:05
05. Is This The World We Created...? - 3:25


Design - Bill Smith
Engenheiro - Mack
Masterizado por - George Marino
Fotografia - George Hurrell
Produção - Mack e Queen

Gravadora: EMI

Sucesso de vendas, 12 milhões de cópias em todo o mundo, não era pra menos o álbum emplacou hits como: I want to break free e Radio gaga. The Works chegou a 23º lugar na Billboard (mesmo sem terem feito show nos EUA) e 2º lugar na Inglaterra.

A turnê gerou certa polêmica, além de passar pela Europa, o Queen fez apresentações até na África do Sul inclusive 8 shows em Sun City (Cidade turística famosa por seus cassinos e também pela segregação racial), fato que gerou algumas críticas inclusive das Nações Unidas.

Mas The Works também abriu portas para a banda, após o estrondoso sucesso de I Want to Break Free na América do Sul, com sua assimilação dos sintetizadores, assim o Queen entrou em 1985 para a primeira edição do Rock in Rio.

O show conto com público de mais de 250 mil pessoas foi um espetáculo, essa é a segunda passagem da banda por terras Brasileiras, a primeira em 1981 também teve recorde de público com 135 mil pessoas no primeiro dia e 251 mil no segundo no estádio do Morumbi.

Ainda sob o sucesso de The Works, Em 13 de julho de 1985 se apresentaram no Live Aid (em prol das vítimas da fome na África) o maior show de Rock de todos os tempos (data que inaugurou o Dia Mundial do Rock).


André Beserra