Notorious
Tokyo - Humanos

Capa do Single "Humanos"

Amigos autobâhnicos oitentistas, saudações!

Em 1985, o ''rock paulista'' começa a se consolidar cada vez mais como uma força do Rock Nacional. É lançado o álbum ''Humanos'' em que marca a estréia da banda Tokyo. Liderada pelo até então desconhecido jovem cantor Supla, com um visual punk, letras bem-humoradas, estilo New Wave misturado com Rock. Este disco foi bem aceito pelo público, mas a crítica considerava como uma banda ''New Wave de boutique'' por causa do visual de seu vocalista.

A gravadora CBS Records foi a responsável por seu lançamento, sendo que apenas quatro singles foram lançados, destaque para ''Mão Direita'', ''Humanos'', ''Intenções'' e ''Garota de Berlim''.

O primeiro single ''Mão Direita'' bateu de frente com a censura, porque sua letra é de teor erótico. Já o segundo single ''Humanos'' se torna o primeiro sucesso da banda, foi lançado em compacto, com direito a um videoclipe, dirigido por Valéria Burgos. No terceiro single ''Intenções'', não chamou tanto a atenção quanto o anterior, mas também teve o seu sucesso. O grande ''estouro'' mesmo foi com o quarto single ''Garota de Berlim'', contando com a participação da roqueira Nina Hagen, este foi o seu maior sucesso, isto já no ano de 1986. E continua, tudo graças as noites de sábado da Autobahn, sendo um hit cantado aos quatros cantos pela galera que está dentro e fora da pista. Dá-lhe seleção das nacionais!!!


Foto da Època com Nina Hagen

Faixa a Faixa:

Lado A

1- Eu sou triste

Logo no começo da música, parece um som igual aquela música ''Cinema Mudo'' dos Paralamas do Sucesso, mistura de guitarra, bateria e sintetizadores do começo ao fim. É uma música, diria ''depressiva'' ''forte'' e ''pesada'', preste atenção na letra.

O Supla fala que é triste por ser assim, reclama dos erros cometidos na vida, tem suas garotas, mas elas fogem dele, que é anti-social, que não olha para ninguém e nem pra si mesmo. Diz ainda que não é perfeito, que não quis ter nascido assim, está sofrendo e se não encontrar a solução, vai se suicidar. Nem olha no espelho, tem medo dele próprio...Tenso!

2 - Intenções

Pode se dizer que essa letra, serve quando ''ficamos'' com alguém na balada. Todos os momentos, as sensações e as emoções que a noite, ou seja ''a balada'' causa na vida das pessoas. É uma viagem, com sintetizadores ao fundo, riffs incluenciados por Billy Idol, principal fonte de inspiração do Supla. Ritmo envolvente, seguindo a linha do rock paulista da época de Ultraje a Rigor e Ira!

3 - Garota de Berlim

Um clássico do rock nacional, uma das mais executadas em 1986. Não pode faltar na pista Autobâhnica... a galera passa mal...!
A música teve participação especial do ícone New Wave da época, Nina Hagen que inclusive fez shows no Brasil na época (Rock in Rio) e no Latitude em SP. O maior sucesso do Tokyo de todos os tempos.


Capa da Versão CD

4 - O Tal Poder

Mais uma vez o duplo sentido, comparando a pessoa amada a um time de futebol que levanta multidões. Esta song fala sobre ''a partida'', mas durante o desenrolar da canção ainda há uma esperança de uma ''possível'' volta. Ao fundo, um som como se você estivesse num estádio de futebol. Percebesse isso quando é pronunciada a palavra ''multidões'' na parte final. A voz busca a qualquer custo a do Billy Idol.

5 - Roupa X

A letra fala pra vestir uma tal roupa X, sair de um determinado lugar, pegar uma estrada escura, sem pensar. Olhando para as pessoas e imaginando coisas que fazem delas se sentirem importantes nessa vida.

FICHA

"Tokyo - Humanos"
Data de Lançamento:
1985
Número de Faixas: 10
Estilo: Rock Nacional
Tempo Aproximado: 35 minutos

Faixa-a-Faixa:

01. Eu Sou Triste 2:46
02. Intenções 3:31
03. Garota De Berlim 3:06
04. O Tal Poder 3:32
05. Roupa X 4:36
06. Humanos 3:28
07. Mão Direita 3:09
08. Rômantica 2:55
09. Programado 3:08
10. Estações 3:39



Produção - Luiz Carlos Maluly
Letras: Andrés, Bibi, Supla

Gravadora: Epic


Lado B

1- Humanos

Essa letra se refere ao mundo de quem vive atrás de um cela e faz uma provocação ao sistema aqui fora. Um beat New Wave seguindo a linha das batidas feitas na época por B-52's e várias bandas nacionais que seguiram, ao lado de Garota de Berlim, a mais New Wave da banda. A versão 12" remix lançada na época, causou impacto nas rádios.

2 - Mão Direita

Letra com duplo sentido, que na verdade é usada como apelo erótico, sendo censurada após o seu lançamento, diferentemente de outras censuradas na época, essa não teve repercursão.

3 - Romântica

Essa música teve a participação de Cauby Peixoto, foi clipe do Fantástico em 1986, mas mesmo assim, não foi oficialmente lançada como um single.

4 - Programado

É uma viagem. A letra diz que o cara veio do ''espaço'' em busca de amor, que os ''princípios galáticos'' o fizeram assim e que controles o ensinam as ''Leis''. Ele leva uma vida ''fora'' dele e que é ''programado'' para a sua ''amada''. Que doideira, hein?

5 - Estações

Mais um faixa que fala sobre o término de um relacionamento, o cara fica sozinho e pensando nos momentos bons e ruins que teve com a mulher. É triste...mas faz parte, né?...rs

Ok, amigos...essa foi mais uma viagem musical dos anos 80. Um disco ou Lp(se preferirem) que não pode faltar na sua discoteca básica, sobretudo quando se trata de Rock Nacional.

Um grande abraço e até a próxima!

 


Marco Paulo Vieira