Notorious
Culture Club - Colour By Numbers

Capa Traseira do Tape de
"Color By Numbers"

Lado A de "Colour By Numbers "

Colour By Numbers é definitivamente um dos discos mais animados da década de 80. Lançado em 1983, é o segundo álbum lançado pelo Culture Club. Foi sucesso absoluto de público e crítica, chegando rapidamente ao topo das paradas musicais no mundo todo, conquistando quatro discos de platina.

O álbum utiliza uma sonoridade até então inovadora, mesclando new romantic, pop, rock, dance, new wave e a soul music americana, mistura essa que deixou o LP característico e com um ritmo contagiante. Além de tudo, o carisma de Boy George e seu visual andrógeno, abusando do glitter e do colorido, contribuíram ainda mais para o sucesso do álbum, com isso fazendo os videoclipes serem exageradamente exibidos na MTV.

FICHA

"Culture Club - Colours By Numbers "
Data de Lançamento:
1983
10 faixas, 40 minutos, aprox.

Faixa a Faixa:
01. Karma Chameleon - 4:11
02. It's A Miracle - 3:25
03. Black Money - 5:19
04. Changing Every Day - 3:18
05. That's The Way (I'm Only Trying To Help You) - 2:46
06. Church Of The Poison Mind - 3:29
07. Miss Me Blind - 4:31
08. Mister Men - 3:36
09. Stormkeeper - 2:47
10. Victims - 4:56

Produzido por: Steve Levine
Fotografia: Jamie Morgan
Engenheiro de Som: Gordon Milne, Simon Humphrey
Masterizado por: Tim Young

Gravadora: Virgin

O disco abre com a fabulosa "Karma Chameleon", o maior hit do grupo e umas das responsáveis pela boa repercussão do álbum, graças ao estrondoso sucesso nas pistas e rádios, por ser bem dançante e de alto astral. É umas músicas mais executadas na festa Autobahn.

"It's a Miracle" e "Church Of The Poison Mind" também foram singles muito sucedidos e contam com o marcante backing vocal de Helen Terry, que corajosamente ousa ao explorar seu belo vocal ao lado de Boy George.

A maravilhosa "Miss Me Blind" conta com um refrão muito fácil de ser memorizado, o que facilitou mais ainda o seu bom posicionamento nos charts.
É importante ressaltar que a sua versão 12'' mix é indispensável de se escutar, pois traz um medley perfeito com "It's A Miracle", que sacudia as pistas dos clubes nos anos 80.

"Black Money" and "That's the Way (I'm Only Trying to Help You)" são canções expressivas, abordando problemas pesados de relacionamento.


Lado B de "Colour By Numbers "

"Victims" encerra o álbum em grande estilo. É uma belíssima lenta que embalou os bailinhos de muita gente, com um estilo meio dark e letra profunda "Feel like a child on a dark night/Wishing there was some kind of heaven". Um fato curioso é que essa música fez incrível sucesso na Europa, Ásia e Brasil, já nos Estados Unidos sequer foi lançada...

Enfim, "Colour By Numbers" é um disco obrigatório para os amantes da música pop do começo dos anos 80

 

 

 

 

Carlos Simões